Sobre este guia

O estilo APA, segue as convenções estabelecidas pela American Psychological Association e oferece um conjunto de diretrizes gerais para efetuar formatação de trabalhos, citações e referências para os diversos tipos de documentos em diferentes suportes.

Este estilo é o mais usado na área das ciências sociais e humanas.
Outros guias

By Subject

By Topic

By Course

Contacte-nos
Para qualquer dúvida ou questão procure-nos no Serviço de Referência ou contacte-nos: referencia.biblioteca@iscte-iul.pt
210 464 052 ext 295218 | 295219
Introdução

Este guia é baseado no Publication manual of the American Psychological Association: the official guide to APA style, 7ª edição e apesar de conter vários exemplos, não torna imprescindível a consulta do respetivo manual.

No essencial, este guia servirá para apoiá-lo na utilização da norma APA nos seguintes aspetos:
  • Elaboração de citações ao longo do texto;
  • Diferentes tipos de citações;
  • Regras de transcrição para a elaboração de referências de diversos tipos de documentos em diferentes suportes;
  • Exemplos demonstrativas da aplicação da norma.

Irão ser abordados os diferentes tipos de citação que poderá fazer o longo da realização de um trabalho científico e a forma como as mesmas deverão ser apresentadas no texto consoante a autoria dos documentos consultados.

A forma como deverá ser elaborada uma lista de referências bibliográficas no final de um trabalho científico, os elementos que devem compor as referências, a respetiva ordem e a forma como deverão ser corretamente transcritos.

Neste guia será também apresentado um conjunto de exemplos práticos de referências tendo em conta os diferentes tipos de documentos e suportes.

Será ainda abordada a questão do plágio e direitos de autor e como se poderá prevenir através da utilização de softwares desenvolvidos para o efeito.

Publication manual of the American Psychological Association (7th ed)
Style and Grammar Guidelines
Introducing the 7th ed. APA style publication manual
American Psychological Association. (2019, outubro 8). Introducing the 7th ed. APA style publication manual [Video]. YouTube. https://www.youtube.com/watch?v=H5JWKbrHOAE
Citações
As citações utilizam-se para identificar um recurso de informação referente a uma ideia ou pensamento de um autor, de forma a evitar o plágio e de modo a que o leitor possa aceder à fonte primária da informação.

O método de citação utilizado pelo estilo APA é autor‐data.

As citações no texto fornecem o autor e a data de publicação de um documento, de forma a permitir a correspondência exata entre si e a respetiva referência no final do documento e podem ser narrativas ou mencionadas entre parêntesis.

Cada trabalho citado no texto deve constar na lista final de referências e vice-versa.

Existem alguns tipos de documentos que devem apenas ser citados no texto e devem ser excluídos da lista de referências, como são os casos de:
  • As comunicações pessoais, que são documentos de difícil recuperação pelos leitores;
  • As menções gerais a sites e revistas como um todo, bem como software ou aplicações informáticas mais comummente utilizadas;
  • A fonte de uma epígrafe;
  • As citações de participantes na investigação podem ser apresentadas e discutidas no texto, mas não precisam de citações ou entradas na lista de referências.
As citações podem ser diretas, indiretas ou de fontes secundárias.
Citações entre parêntesis
Nas citações entre parêntesis, o apelido do autor e a data de publicação aparecem entre parêntesis curvos e separados por vírgula.

Estas citações podem aparecer dentro de uma frase ou no seu final. Quando uma citação entre parênteses estiver no final da frase, coloque um ponto “.” após o último parêntesis.
 
After the intervention, children increased in the number of books read per week (Smith & Wexwood, 2010).
Citações narrativas
Nas citações narrativas o apelido do autor e a data da publicação surgem como parte integrante do texto. A data é indicada entre parênteses curvos imediatamente a seguir ao apelido do autor.
 
Smith and Wexwood (2010) reported that after the intervention, children increased in the number of books read per week.

Em casos mais raros, em que quer o autor quer o ano da publicação surgem como parte integrante do texto não se coloca qualquer informação entre parêntesis.
 
In 2016, Koehler noted the dangers of falsely balanced news coverage.
Citação direta
A citação direta corresponde à transcrição literal do texto do autor.

Deve conter o apelido do autor, ano e páginas citadas ou número do parágrafo, no caso de tipos de documentos não paginados (ex. documentos eletrónicos, páginas web).

As citações diretas podem ser consideradas breves ou extensas.
Citação direta breve
As citações diretas breves:
  • Definem a transcrição literal do texto do documento consultado que não excede 40 palavras;
  • A transcrição é inserida no próprio texto, entre aspas;
  • Devem incluir a indicação da página (p.) ou o intervalo de páginas (pp.);
  • Devem incluir a indicação de parágrafo (para.), para documentos não paginados.
(…) “librarians must be willing to expose themselves to the discomfort of advocacy, argument, criticism, and real change to be in the forefront of this movement” (OgBurn, 2009, p. 41).

ou
 
(…) como refere OgBurn (2009) ao debruçar-se sobre esta problemática: “librarians must be willing to expose themselves to the discomfort of advocacy, argument, criticism, and real change to be in the forefront of this movement” (p. 41).
Citação direta extensa
As citações diretas extensas:
  • Definem a transcrição literal do texto do documento consultado com mais de 40 palavras;
  • Não são utilizadas aspas;
  • A transcrição é destacada do texto com avanço da margem esquerda (1.27cm) para todas as linhas;
  • Se forem transcritos dois ou mais parágrafos de texto a primeira linha do 2º parágrafo e seguintes é colocada com um avanço de mais 1.27cm;
  • Devem incluir a indicação da página (p.) ou o intervalo de páginas (pp.);
  • Devem incluir a indicação de parágrafo (para.), para documentos não paginados.

Researchers have studied how people talk to themselves:

Inner speech is a paradoxical phenomenon. It is an experience that is central to many people’s everyday lives, and yet it presents considerable challenges to any effort to study it scientifically. Nevertheless, a wide range of methodologies and approaches have combined to shed light on the subjective experience of inner speech and its cognitive and neural underpinnings. (Alderson-Day & Fernyhough, 2015, p. 957).


ou
 

Flores et al. (2018) described how they addressed potential researcher bias when working with an intersectional community of transgender people of color:

Everyone on the research team belonged to a stigmatized group but also held privileged identities. Throughout the research process, we attended to the ways in which our privileged and oppressed identities may have influenced the research process, findings, and presentation of results. (p. 311).

Citação indireta ou parafraseada
Este tipo de citação reproduz a ideia ou pensamento de um autor por palavras próprias.

A transmissão do conhecimento dos autores dos documentos consultados deve ser sempre acompanhada da citação ao mesmo, ou seja, a referência em texto ao apelido do autor e ano de publicação.
 
Webster-Stratton (2016) described a case example of a 4-year-old girl who showed an insecure attachment to her mother; in working with the family dyad, the therapist focused on increasing the mother’s empathy for her child (pp. 152–153).

Embora não seja necessário indicar o número de páginas ou parágrafo na citação, essa informação poderá ser incluída (para além do apelido do autor e do ano), para uma melhor e mais rápida localização no documento por parte dos leitores.
Citação de fontes secundárias
Este tipo de citação poderá ocorrer quando a informação apreendida é efetuada através da leitura de outros documentos.

Num trabalho de investigação, uma fonte primária refere-se ao conteúdo original; uma fonte secundária refere-se ao conteúdo original referenciado noutra fonte.

Deverá citar fontes secundárias apenas quando o documento original não for acessível ou estiver disponível num idioma de difícil leitura.

Para citar uma fonte secundária:
  • Crie uma referência para a fonte secundária;
  • Na citação em texto, identifique a fonte primária e escreva “como citado em” seguido da fonte secundária que consultou;
  • Se o ano de publicação for conhecido pela fonte primária, inclua-o também no texto.
Por exemplo, se estiver a ler um documento de Lyon et al. (2014) em que Rabbitt (1982) foi citado, mas não lhe é possível aceder ao trabalho de Rabbitt, cite o trabalho de Rabbitt como fonte primária, seguido do trabalho de Lyon et al. como fonte secundária. Apenas o trabalho de Lyon et al. aparecerá na lista final de referências.
 
(Rabbitt, 1982, como citado em Lyon et al., 2014).

Se o ano da fonte primária for desconhecido, omita-a da citação em texto.
 
Allport’s diary (como citado em Nicholson, 2003).
Citação de vários documentos
Nalguns casos pode ser necessário citar vários trabalhos numa mesma citação no texto. Nestes casos, as citações devem ser ordenadas alfabeticamente e separadas por ponto e vírgula, sendo que devem ser todas incluídas num único parêntesis curvo.
 
(Craik & Lockhart, 1972; Goldfried, 2013; Pacula et al., 2014)

Se citar dois ou mais trabalhos do mesmo autor em simultâneo, coloque as citações sem data primeiramente, seguidos dos documentos por ordem cronológica (do mais antigo para o mais recente).
 
(Henriques, s.d., 2012a, 2012b, 2019)

Se vários documentos forem citados como parte integrante do texto, poderão aparecer em qualquer ordem.
 
Beltran (2014), Randall (2016, 2017), and Holden and Daughtery (2015) examined...
Citação de partes de documentos
Ao longo da elaboração de um trabalho poderá ser necessário citar partes específicas de documentos como: páginas, parágrafos, secções, tabelas, figuras, materiais suplementares, capítulos, números de slides de apresentações PowerPoint.
  • (American Heart Association, 2018, p. 4);
  • (Browning, 2019, Capítulo 5);
  • (Schultz, 2015, pp. 71-79);
  • (Soto, 2017, paras. 3-4);
  • (Rios & Bautista, 2019, Tabela 1);
  • (Barr, 2014, Gerontology section, para. 3);
  • (Juarez, 2018, Slide 7).
Citações de comunicações pessoais
Os documentos que não poderão ser recuperados pelos leitores são citados no texto como comunicações pessoais e não necessitam de ser incluídas na lista de referências.

As comunicações pessoais podem incluir:
  • Emails;
  • Mensagens de texto;
  • Chats online ou mensagens diretas;
  • Entrevistas pessoais;
  • Conversas telefónicas;
  • Discursos diretos;
  • Aulas não gravadas;
  • Memorandos;
  • Cartas, etc.
Indique a(s) inicial(s) e apelido do comunicador e mencione a data mais precisa possível, usando os seguintes formatos:
 
Citação em texto: E.-M. Paradis (comunicação pessoal, agosto 8, 2019)
Citação entre parêntesis: (T. Nguyen, comunicação pessoal, fevereiro 24, 2020)
Autoria nas citações
A apresentação de citações no texto podem variar consoante:
  • O número de autores do documento;
  • Um autor coletivo com abreviatura;
  • Um autor desconhecido ou anónimo;
  • Mais de um documento do mesmo autor e data;
  • Vários autores com o mesmo apelido;
  • A frequência com que a mesma obra é citada ao longo do documento.
Número de autores nas citações
Para um documento de um ou dois autores mencione os seus nomes em todas as citações:
 
(Dionísio, 2009)
(Wegener & Petty, 1994)
Thornton e Manning (2016)

Para um documento com três ou mais autores, mencione o nome do primeiro autor seguido da expressão "et al." em todas as citações, incluindo a primeira, a não ser que cause ambiguidade.
 
(Kernis et al., 1993)
Kapoor, et al. (2017)
Autor coletivo ou institucional com e sem abreviatura
Os autores podem também ser grupos, coletividades ou instituições.

Se um trabalho é da autoria de um ou dois grupos, mencione o(s) seu(s) nome (s) em todas as citações.
 
(Harvard University & Cambridge College, 2018).

Se o grupo for amplamente conhecido por uma abreviatura, mencione-a na primeira citação entre parêntesis retos. Nas citações seguintes do mesmo documento, utilize a abreviatura em substituição do nome do grupo.
 
1ª citação: (Organização das Nações Unidas [ONU], 2018).
Citações seguintes: (ONU, 2018).
Autor desconhecido ou anónimo
Quando o autor de uma obra é considerado "Anónimo", essa informação substitui o nome do autor na citação em texto.

Se um autor for desconhecido, não utilize "Anónimo" como autor, a não ser que a obra seja efetivamente assinada como "Anónimo". Nesse caso utilize "Anónimo" na citação em texto.
 
Citação entre parêntesis: (Anónimo, 2017).
Citação narrativa: Anónimo (2017).

Se a obra não for assinada como "Anónimo", o título substituirá o apelido do autor na citação em texto.

Utilizam-se aspas para títulos de artigos, capítulos de livros ou páginas web.

Utiliza-se o itálico para títulos de revistas, livros, relatórios.

Coloque a letra inicial de cada palavra principal do título em letra maiúscula, mesmo que a mesma tipografia não seja usada na lista de referências.
 
Livro sem autor:
(Train Your Mind for Peak Performance: A Science-Based Approach for Achieving Your Goals, 2014).
 
Artigo de revista sem autor:
("Turning Frowns (and Smiles) Upside Down: A Multilevel Examination of Surface Acting Positive and Negative Emotions on Well-Being", 2015).
Documentos com o mesmo autor e data
Quando várias referências contém o mesmo autor e a mesma data, adicione uma letra minúscula a seguir ao ano da publicação.
 
(Alves, 1984a).
(Alves, 1984b).
(Kirk, s.d.-a, s.d.-b).
Autores com o mesmo apelido
Se os primeiros autores de várias referências tiverem o mesmo apelido, mas iniciais diferentes, inclua as iniciais do primeiro autor em todas as citações no texto, mesmo que o ano de publicação seja diferente.
 
(C. Costa, 2010; P. J. Costa, 2014).

Se os primeiros autores de várias referências tiverem o mesmo apelido e as mesmas iniciais, cite os trabalhos segundo o formato padrão da norma: autor-data.
 
(Grant, 2019; Grant & Reese, 2017).

Se vários autores numa única referência tiverem o mesmo apelido, não é necessário incluir as iniciais do nome nas citações em texto.
 
(Chen & Chen, 2018).
Lista de referências
A lista de referências fornece as informações necessárias para que os leitores possam identificar e recuperar os documentos citados ao longo de um trabalho.

As publicações da APA, assim como outros editores e instituições que usam este estilo geralmente exigem listas de referências e não bibliografias.

Uma lista de referência contém trabalhos que suportam as ideias, afirmações e conceitos num documento; por outro lado, uma bibliografia fornece obras de consulta em segundo plano ou para leitura posterior e poderá ou não incluir notas descritivas (uma bibliografia anotada).

A consistência e uniformidade na formatação da lista de referências permite aos leitores distinguirem os diferentes tipos de documentos consultados, bem como diferenciar os elementos que compõem a referência.

A lista de referências deverá ser ordenada alfabeticamente pelo apelido do primeiro autor.

Use a pontuação adequada na lista de referências para agrupar a informação que compõem os diferentes elementos dos documentos citados.

A lista de referências deve ser formatada com espaçamento duplo entre linhas.

Após a primeira linha de cada entrada, destaque as linhas subsequentes com um avanço da margem esquerda de 1,27 cm.
Elementos da referência
As referências incluem quatro elementos: autor, data, título e fonte.
  • O elemento autor, incluindo o formato dos nomes dos autores individuais e dos nomes dos autores coletivos;
  • O elemento data, incluindo o formato da data e como mencionar datas de recuperação;
  • O elemento título, incluindo o formato do título e como incluir descrições entre parêntesis retos
  • O elemento fonte, incluindo o formato da fonte, DOI e URL.
Veja os exemplos de referências para verificar como se elaboram de acordo com o tipo de documento.
Princípios de transcrição
O manual APA especifica os elementos que devem constar na lista de referências de acordo com o tipo e formato do documento citado, determina a sua ordem de apresentação e estabelece as regras para a transcrição da informação a referenciar.
Autor
Um autor pode ser:
  • Individual;
  • Várias pessoas;
  • Um grupo (instituição, agência governamental, organização, etc.);
  • Uma combinação de pessoas e grupos.
Este elemento inclui não apenas autores de artigos, livros, relatórios e outros documentos, mas também outros que tenham desempenhado importantes funções na realização de um trabalho, como editores de livros, diretores de filmes, anfitriões de podcast, etc.

O autor é o primeiro elemento da referência e deve ser transcrito de forma invertida, indicando primeiramente o apelido, seguido de uma vírgula e as iniciais do nome separadas por um espaço.
 
Monteiro, A. P.
Scott, J. (Ed.).
 
Se uma referência tiver mais que um autor, utilize uma vírgula para separar as iniciais de um autor dos nomes dos restantes autores.

Utilize o “&” antes do nome do último autor.
 
Santos, A. J., & Abrantes, B.

Escreva o nome do autor tal como aparece na fonte, incluindo os apelidos com hífen ou compostos.
 
Castel-Branco, L.
Espírito Santo, H.

Mantenha a tipografia preferida do autor.
 
hooks, b.
van der Waal, P. N.

No caso de autor coletivo, a entrada é feita de forma direta, seguido de um ponto “.”.
 
Instituto Nacional para a Reabilitação.

As abreviaturas para identificar um autor coletivo podem ser utilizadas no texto (por exemplo, INR para Instituto Nacional para a Reabilitação), mas não na lista de referências.
 
Correto: Instituto Nacional para a Reabilitação.
Incorreto: Instituto Nacional para a Reabilitação (INR).
Incorreto: INR.

Quando uma entidade governamental é subordinada a outra, utilize a entidade mais específica como autor na referência (por exemplo, use “Direção-Geral do Ensino Superior” em vez de “Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Direção-Geral do Ensino Superior”). O(s) nomes(s) da(s) entidade(s) subordinante(s) deverão aparecer como editor.
 

Direção-Geral do Ensino Superior. (2005). Condições socioeconómicas dos estudantes do ensino superior em Portugal. Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.


Se um autor for desconhecido, não utilize "Anónimo" como autor, a não ser que a obra seja efetivamente assinada como "Anónimo". Nesse caso utilize "Anónimo" na referência.
 
Anónimo. (2017). Stories from my time as a spy. Bond Publishers.

Se a obra não for assinada como "Anónimo", o título será o primeiro elemento da referência, conforme indicado na tabela "Quando falta informação?".

Na organização de trabalhos do mesmo autor, o mais antigo deverá figurar em primeiro lugar.

Quando não puder determinar quem é o autor de um documento, trate-o como não tendo autor.
 

Como referir um ou múltiplos autores:

Data
A data refere-se à data de publicação da obra consultada.

A data poderá ter as seguintes formas:
 
Apenas o ano
(2020).

Para documentos que incluam mês, dia e/ou estação do ano, juntamente com o ano, coloque o ano primeiramente, seguido de vírgula e, o mês e a data ou estação do ano.
 
Ano, mês e dia
(2020, agosto 26).

Ano e mês
(2018, julho).

Ano e estação do ano
(2019, inverno).

Intervalo de datas (intervalo de anos, intervalo de data exato)
(1994-1999).

Quando uma data da publicação não puder ser determinada, trate o trabalho como não tendo data.
 
(s.d.).

Para trabalhos não publicados, publicados informalmente ou em produção, mencione o ano em que o mesmo foi produzido.

Se um trabalho foi aceite para publicação, mas ainda aguarda publicação, utilize o termo “no prelo” em vez do ano.
 
(no prelo).

Quando a data da publicação original for aproximada, use a abreviatura "ca." ("cerca de").
 
(ca. 1999).

No caso de páginas web, se uma data de atualização estiver disponível mencione-a na referência. Não mencione uma data de revisão, pois o conteúdo revisto não significa que tenha sido necessariamente alterado.

Mencione uma data de recuperação apenas se a ligação a um documento não for devidamente guardada ou é suscetível de ser alterada ao longo do tempo. A maioria das referências não inclui data de recuperação.
 
Recuperado setembro 30, 2020, de https://xxxx
Título
O título refere-se ao título da obra citada.

Os títulos enquadram-se em duas grandes categorias:
  • Trabalhos independentes (livros, relatórios, literatura cinzenta, dissertações e teses, vídeos, filmes, séries de TV, álbuns, podcasts, redes sociais e obras em páginas web);
  • Trabalhos que fazem parte de um todo (artigos de revistas, capítulos de livros editados, episódios de TV, episódios de podcasts e músicas).
Quando se trata de um trabalho independente, o título aparece no elemento de título da referência.

Quando se trata de um trabalho que faz parte de um todo, o título do artigo ou do capítulo aparece no elemento do título da referência e o título da revista ou do livro editado aparece no elemento de origem.

Quando o título de uma obra não puder ser determinado, trate o trabalho como não tendo título.

Para trabalhos que fazem parte de um todo (artigos de revistas, capítulos de livros editados), coloque em maiúscula a letra inicial do título, subtítulo (se existir) e nomes próprios em letra maiúscula e as seguintes palavras em letra minúscula. Não coloque o título em itálico ou utilize aspas.
 
Happy fish in little ponds: Testing a reference group model of achievement and emotion.

Para trabalhos independentes (livros, relatórios, páginas web), coloque o título em itálico e a letra inicial da primeira palavra do título, subtítulo (se existir) e nomes próprios em letra maiúscula e as seguintes palavras em letra minúscula.
 
História de Portugal moderno: Político e institucional.

Os títulos das revistas devem ser escritos por extenso, em itálico com todas as letras iniciais das palavras principais em letra maiúscula.
 
Journal of Management

Para as referências de livros e relatórios, mencione o número de edição (se existir), o número do relatório e o(s) número(s) de volume(s) entre parêntesis após o título. Não coloque um ponto “.” entre o título e as informações entre parêntesis. Nem coloque em itálico as informações entre parêntesis. Se a menção de edição e volume estiverem incluídas, separe esses elementos com uma vírgula, colocando o número da edição em primeiro lugar.
 
The psychology of music (3rd ed.).

Nursing: A concept-based approach to learning (2nd ed., Vol. 1).

Se um volume numerado tiver um título próprio, o número e o título do volume deverão ser incluídos como parte do título principal, e não entre parêntesis.
 
APA handbook of industrial and organizational psychology: Vol. 1. Building and developing the organization.

Finalize o elemento de título com um ponto final. No entanto, se o título terminar com um ponto de interrogação ou exclamação, esse sinal de pontuação substituirá o ponto final.
 
Late-onset unexplained epilepsy: What are we missing?
Descrição entre parêntesis retos
Para ajudar a identificar obras que não façam parte da literatura académica revista por pares (trabalhos que não sejam artigos, livros, relatórios, etc.), mencione uma descrição da obra ou trabalho entre parêntesis retos após o título e antes do ponto “.”. Coloque a primeira letra da descrição em maiúscula, mas não em itálico.
 
Comprehensive meta-analysis (Version 3.3.070) [Programa de computador].

Exemplos de trabalhos que incluem descrições entre parêntesis retos são alguns audiolivros, literatura cinzenta (press releases), documentos audiovisuais (filmes, vídeos do YouTube, fotografias), software e aplicações para dispositivos móveis, conjuntos de dados, manuscritos em preparação e dissertações e teses.

As descrições entre parêntesis retos também são utilizadas nas referências de redes sociais para indicar links ou imagens anexadas.
Fonte
A fonte indica aos leitores onde poderão aceder à obra citada.

Tal como os títulos, as fontes enquadram-se em duas grandes categorias: obras que fazem parte de um todo e obras independentes.

A fonte de um trabalho que faz parte de um todo (artigo de revista, capítulo de livro editado) é o todo maior (neste caso, a revista ou livro editado), as páginas e o DOI ou URL respetivo (se aplicável).

No caso dos artigos de revista a indicação do número de volume da revista é mencionado em itálico a seguir ao título da revista e separado por uma vírgula. O número de edição da revista é indicado entre parêntesis imediatamente a seguir ao número de volume e não deve ser registado em itálico. O número das páginas do artigo é mencionado a seguir número de volume, separado por vírgula e sem indicação da página (p.) ou o intervalo de páginas (pp.).
 
Psychology of Popular Media Culture, 8(3), 207–217.

A fonte de um trabalho independente (livro, relatório, dissertação, tese, filme, série de TV, podcast, rede social, página web) é o editor da obra, a base de dados ou arquivo, a página da rede social ou site e o DOI ou URL respetivo (se aplicável).

No caso de capítulos de livros editados, a fonte é o editor da obra precedido de “Em”, o título da obra, a indicação das páginas do capítulo entre parêntesis imediatamente a seguir ao título da obra e o nome da editora. Não coloque um ponto “.” entre o título e as informações entre parêntesis. Nem coloque em itálico as informações entre parêntesis. Se a menção de edição e volume estiverem incluídas no parêntesis, separe todos os elementos com uma vírgula, colocando o número da edição em primeiro lugar.
 
Em R. F. Subotnik, P. Olszewski-Kubilius, & F. C. Worrell (Eds.), The psychology of high performance: Developing human potential into domain-specific talent (pp. 345–359). American Psychological Association. https://doi.org/10.1037/0000120-016

Em M. B. Oliver, A. A. Raney, & J. Bryant (Eds.), Media effects: Advances in theory and research (4th ed., pp. 115–129). Routledge.

Se existir mais do uma editora, devem ser mencionados todos os nomes na referência separadas por ponto e vírgula.

A localização não é necessária para a maioria das obras (não inclua a local de publicação nas referências de livros).

As obras associadas a um local específico (obras de arte em museus, apresentações em conferências) devem incluir informação da localização e, dependendo da obra, também podem incluir um DOI ou URL.

Se um trabalho não for recuperável, trate-o como não tendo fonte.
DOI e URL
O DOI ou URL é o elemento que finaliza uma referência.

O DOI (Digital Object Identifier) é uma sequência alfanumérica exclusiva que identifica o documento e fornece um link persistente para a sua localização na Internet. Os DOI’s podem ser encontrados nos registos de bases de dados e na lista de referências dos trabalhos publicados.
 
Um URL especifica a localização dos documentos eletrónicos na Internet e pode ser encontrado na barra de endereços do seu browser da internet. Os URL’s nas referências devem ser vinculados diretamente ao trabalho citado, quando possível.
 

Siga as seguintes indicações para incluir os DOI’s e URL’s na lista de referências:

  • Mencione um DOI para todos os documentos que contenham DOI, independentemente de utilizar uma versão online ou impressa;
  • Se um documento eletrónico tiver DOI e URL, mencione apenas o DOI;
  • Se um documento eletrónico apenas tiver URL, mencione-o na referência do seguinte modo:
    • Para documentos sem DOI de páginas web, mencione o URL na referência;
    • Para documentos sem DOI, retirados da maioria das bases de dados académicas, não mencione o URL ou qualquer informação da base de dados na referência, pois esses documentos encontram-se amplamente disponíveis;
    • Para documentos de bases de dados que publicam material original disponível apenas nessa base de dados (ex: UpToDate) ou para trabalhos de circulação limitada noutras bases de dados (como monografias na base de dados ERIC), mencione o nome da base de dados ou repositótio e o URL do documento. Se o URL exigir um login ou for específico da sessão, indique o URL da base de dados, da página inicial do repositório ou da página de login;
    • Se o URL não funcionar siga as orientações para documentos sem fonte.

Stein, M. B., & Taylor, C. T. (2019). Approach to treating social anxiety disorder in adults. UpToDate. Recuperado setembro 13, 2019, de https://www.uptodate.com/contents/approach-to-treating-social-anxiety-disorder-in-adults

Riegelman, R. K., & Albertine, S. (2008). Recommendations for undergraduate public health education (ED504790). ERIC. https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED504790.pdf

  • Outros identificadores alfanuméricos, como o International Standard Book Number (ISBN) e o International Standard Serial Number (ISSN), não são incluídos nas referências do estilo APA.

Siga as seguintes indicações para referenciar DOI’s e URL’s:

  • Apresente DOI’s e URL’s como hiperlinks (ou seja, começando com "http:" ou "https:");
  • Como um hiperlink direciona os leitores diretamente para o conteúdo do documento, não é necessário incluir as palavras "Recuperado de" ou equivalente antes do DOI ou URL;
  • Deixe os links ativos para que o trabalho seja publicado ou lido online;
  • Siga as recomendações da International DOI Foundation para formatar os DOI’s na lista de referências:
    • Copie e cole o DOI ou URL do seu browser da internet diretamente na sua lista de referências para evitar erros de transcrição. Não altere a capitalização ou pontuação do DOI ou URL; não adicione quebras de linha manualmente ao hiperlink; é admissível se o programa de processamento de texto que utilizou adicionar automaticamente uma quebra ou mover o hiperlink para sua própria linha;
    • Não adicione um ponto após o DOI ou URL, pois poderá interferir com o normal funcionamento do link.

Quando um DOI ou URL é demasiado longo ou complexo, poderá utilizar DOI’s curtos ou URL’s encurtados.

  • Use o serviço shortDOI fornecido pela International DOI Foundation para criar shortDOI’s. Um trabalho pode ter apenas um DOI e um shortDOI;  
  • Alguns sites fornecem os seus próprios URL’s encurtados e também estão disponíveis serviços de encurtamento de URL’s independentes. Qualquer URL encurtado pode ser utilizado numa referência, desde que verifique se o link o direciona para o local correto.
Quando falta informação?

Por vezes poderá faltar alguma da informação necessária para criar uma entrada na lista de referências. Nestes casos, existem várias estratégias para adaptar a referência.

A tabela seguinte mostra a estrutura básica de uma referência para quando falta informação, bem como as citações correspondentes no texto.

Creating references using seventh edition APA style
CHOICE Media Channel. (2020, fevereiro 13). Creating references using seventh edition APA style [Video]. YouTube. https://www.youtube.com/watch?time_continue=170&v=gmZIfLX_qs8&feature=emb_title
Modelos e exemplos de referências

De seguida serão apresentados os modelos de referência adotados pelo estilo APA para referenciar cada tipo de documento, em diferentes suportes e exemplos para cada um deles.

Poderá encontrar aqui um guia rápido da APA para a elabroração de referências para os tipos mais comuns de documentos.

Artigos de periódicos
Os periódicos são geralmente documentos publicados de uma forma contínua, dos quais fazem parte as revistas, jornais, newsletters, blogues e outras plataformas online que publiquem artigos.

As datas destes documentos podem ser apresentadas em diferentes formatos.

No caso de faltar alguma informação no periódico (número de volume, número da revista, páginas), a mesma deve ser omitida da referência.


 


Artigo de revista com DOI

Greco, L. M., & Kraimer, M. L. (2020, janeiro). Goal-setting in the career management process: An identity theory perspective. Journal of Applied Psychology, 105(1), 40-57. http://dx.doi.org/10.1037/apl0000424

Citação entre parêntesis: (Greco & Kraimer, 2020)
Citação narrativa: Greco e Kraimer (2020)
 

Artigo de revista sem número de volume e com URL

Stegmeir, M. (2016). Climate change: New discipline practices promote college access. The Journal of College Admission, (231), 44–47. https://tinyurl.com/ycfg4nh6

Citação entre parêntesis: (Stegmeir, 2016)
Citação narrativa: Stegmeir (2016)
 

Artigo de revista impresso

Kyratsis, A. (2004). Talk and interaction among children and the co‐construction of peer groups and peer culture. Annual Review of Anthropology, 33(4), 231‐247.

Citação entre parêntesis: (Kyratsis, 2004)
Citação narrativa: Kyratsis (2004)
 

Artigo de revista com DOI, com 21 ou mais autores

Kalnay, E., Kanamitsu, M., Kistler, R., Collins, W., Deaven, D., Gandin, L., Iredell, M., Saha, S., White, G., Woollen, J., Zhu, Y., Chelliah, M., Ebisuzaki, W., Higgins, W., Janowiak, J., Mo, K. C., Ropelewski, C., Wang, J., Leetmaa, A., … Joseph, D. (1996). The NCEP/NCAR 40-year reanalysis project. Bulletin of the American Meteorological Society, 77(3), 437-471. http://doi.org/fg6rf9

Citação entre parêntesis: (Kalnay et al. 1996)
Citação narrativa: Kalnay et al. (1996)
 

Artigo de revista com número de artigo ou eLocator

Hossain, M. (2020, maio). Sharing economy: A comprehensive literature review. International Journal of Hospitality Management, 87, Artigo 102470. https://doi.org/10.1016/j.ijhm.2020.102470

Citação entre parêntesis: (Hossain, 2020)
Citação narrativa: Hossain (2020)
  • Inclua o número do artigo ou eLocator se disponível. Capitalize a palavra "Artigo" antes do número do artigo ou eLocator.
Fonte: Wiley Author Services. Guide to eLocators
 

Secção especial ou número especial numa revista

Lilienfeld, S. O. (Ed.) (2018). Heterodox issues in psychology [Secção especial]. Archives of Scientific Psychology, 6(1), 51-104.

McDaniel, S. H., Salas, E., & Kazak, A. E. (Eds.). (2018). The science of teamwork [Número especial]. American Psychologist, 73(4).

Citação entre parêntesis: (Lilienfeld, 2018; McDaniel et al. 2018)
Citação narrativa: Lilienfeld (2018) e McDaniel et al. (2018)
  • Mencione o(s) editor(es) da secção ou número especial no lugar do autor e o título da secção ou número especial no lugar do título;
  • Indique o intervalo de páginas para a secção especial, mas não para o número especial.
 

Artigos de revista não científica

Bergeson, S. (2019, janeiro 4). Really cool neutral plasmas. Science, 363(6422), 33-34. https://doi.org/10.1126/science.aau7988

Rothman, J. (2020, janeiro 6). The equality conundrum. The New Yorkerhttps://www.newyorker.com/magazine/2020/01/13/the-equality-conundrum

Weir, K. (2017, janeiro). Forgiveness can improve mental and physical health. Monitor on Psychology, 48(1), 30.

Citação entre parêntesis: (Bergeson, 2019; Rothman, 2020; Weir, 2017)
Citação narrativa: Bergeson (2018), Rothman (2020), e Weir (2017)
 

Artigos de jornal

Cardoso, L. (2012, janeiro 10). A crise em Portugal. Expresso, p.10.

Minder, R. (2019, outubro 6). Portugal prime minister is re-elected as socialists solidify position. The New York Times. https://tinyurl.com/y2z6gole

Citação entre parêntesis: (Cardoso, 2012; Minder, 2019)
Citação narrativa: Cardoso (2012) e Minder (2019)
 

Blogue post

Mathis, T. (2015, agosto 12). What is human systems integration?. APA Books Blog. http://blog.apabooks.org/2015/08/12/what-is-human-systems-integration/

Citação entre parêntesis: (Mathis, 2015)
Citação narrativa: Mathis (2015)
Livros e obras de referência

A categoria de livros inclui livros de autor, livros editados, antologias, trabalhos religiosos e clássicos.

A categoria de trabalhos de referência inclui dicionários, enciclopédias (incluindo Wikipedia) e manuais de diagnóstico.

Para e-books, o tipo de formato, plataforma ou dispositivo não é incluído na referência.


 


Livro de autor com e sem DOI

Burley, J., & Harris, J. (2002). A companion to genethics. Blackwell.

Goldman, A. I. (2018). Philosophical applications of cognitive science. Routledge. https://doi.org/10.4324/9780429493355

Citação entre parêntesis: (Burley & Harris, 2002; Goldman, 2018)
Citação narrativa: Burley and Harris (2002) e Goldman (2018)
 


E-book

Christian, B., & Griffiths, T. (2016). Algorithms to live by: The computer science of human decisions. Henry Holt and Co. http://a.co/7qGBZAk

Citação entre parêntesis: (Christian & Griffiths, 2016)
Citação narrativa: Christian e Griffiths (2016)
 


Livro editado com DOI, com várias editoras

Schmid, H.-J. (Ed.). (2017). Entrenchment and the psychology of language learning: How we reorganize and adapt linguistic knowledge. American Psychological Association; De Gruyter Mouton. https://doi.org/10.1037/15969-000

Citação entre parêntesis: (Schmid, 2017)
Citação narrativa: Schmid (2017)
 


Livro editado sem DOI (impresso)

Hughes, J. H. (Ed.). (2017). Military and veteran psychological health and social care: contemporary approaches. Routledge.

Citação entre parêntesis: (Hughes, 2017)
Citação narrativa: Hughes (2017)
 


Livro de autor coletivo

Direção-Geral do Ensino Superior. (2005). Condições socioeconómicas dos estudantes do ensino superior em Portugal. Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Citação entre parêntesis: (Direção-Geral do Ensino Superior, 2005)
Citação narrativa: Direção-Geral do Ensino Superior (2005)

  • Quando uma entidade governamental é subordinada a outra, utilize a entidade mais específica como autor na referência. O(s) nomes(s) da(s) entidade(s) subordinante(s) deverão aparecer como editor.

Um volume, de obra com vários volumes

Felgueiras, M. L. (2008). Para uma história do professorado primário em Portugal no século XX (Vol. 1). Campo de Letras.

Nohlen, D., Grotz, F., & Hartmann, C. (2001). Elections in Asia and the Pacific: a data handbook: Vol.1. The Middle East, Central Asia and South Asia. Oxford University Press.

Citação entre parêntesis: (Felgueiras, 2008; Nohlen et al. 2001)
Citação narrativa: Felgueiras (2008) e Nohlen et al. (2001)

  • Se o volume contiver editores de série (ou editores-chefes) e editores de volume, apenas os editores de volume deverão ser mencionados na referência;
  • Se o volume não tiver título próprio, deve-se incluir o número do volume entre parêntesis, sem itálico;
  • Se o volume tiver título próprio, deve ser mencionado o número do volume e respetivo título depois do título principal, em itálico.
 

Livro com menção de edição e DOI

Brown, L. S. (2018). Feminist therapy (2nd ed.). American Psychological Association. https://doi.org/10.1037/0000092-000

Citação entre parêntesis: (Brown, 2018)
Citação narrativa: Brown (2018)
 


Manual de diagnóstico

American Psychiatric Association. (2013). Diagnostic and statistical manual of mental disorders (5th ed.). https://doi.org/10.1176/appi.books.9780890425596

Citação entre parêntesis subsequente: (American Psychiatric Association, 2013)
Citação narrativa subsequente: American Psychiatric Association (2013)

  • Quando o autor e a editora são os mesmos, omita a editora da referência;
  • É comum, mas não obrigatório, identificar o título (e edição) de um manual de diagnóstico no texto. Os autores coletivos e os títulos dos manuais podem ser abreviados no texto, mas não na lista de referências.
 

Dicionário, Thesaurus ou Enciclopédia

Merriam-Webster. (s.d.). Merriam-Webster.com dictionary. Recuperado março 31, 2020, de https://www.merriam-webster.com/

Zalta, E. N. (Ed.). (2019). The Stanford encyclopedia of philosophy (Summer 2019 ed.). Stanford University. https://plato.stanford.edu/archives/sum2019/

Citação entre parêntesis: (Merriam-Webster, s.d.; Zalta, 2019)
Citação narrativa: Merriam-Webster (s.d.) e Zalta (2019)

  • Quando uma obra de referência online é atualizada continuadamente, sem as diferentes versões serem guardadas, use "s.d." no ano da publicação e mencione uma data de recuperação;
  • Quando uma versão estável ou devidamente guardada de uma obra de referência é citada (como no exemplo de Zalta), não é necessário mencionar a data de recuperação.
Capítulos de livros e outros documentos

Esta categoria inclui capítulos de livros editados e obras em antologias.

As entradas na categoria de obras de referência incluem entradas de dicionário, thesaurus e enciclopédias.

Para capítulos de e-books, o tipo de formato, plataforma ou dispositivo não são incluídos na referência.


 


Capítulo de livro editado com DOI

Balsam, K. F., Martell, C. R., Jones, K. P., & Safren, S. A. (2019). Affirmative cognitive behavior therapy with sexual and gender minority people. Em G. Y. Iwamasa & P. A. Hays (Eds.), Culturally response cognitive behavior therapy: Practice and supervision (2nd ed., pp. 287-314). American Psychological Association. https://doi.org/10.1037/0000119-012

Citação entre parêntesis: (Balsam et al., 2019)
Citação narrativa: Balsam et al. (2019)
 


Capítulo de livro editado sem DOI (impresso)

Weinstock, R., Leong, G. B., & Silva, J. A. (2003). Defining forensic psychiatry: Roles and responsibilities. Em R. Rosner (Ed.), Principles and practice for forensic psychiatry (2nd ed., pp. 7-13). CRC Press.

Citação entre parêntesis: (Weinstock et al., 2003)
Citação narrativa: Weinstock et al. (2003)
 


Capítulo de e-book editado

Kahn, J. S. (1997). Culturalizing Malaysia: Globalism, tourism, heritage, and the city in Georgetown. Em M. Picard & R. E. Wood (Eds.), Tourism, ethnicity, and the state in Asian and Pacific societies (pp. 99-127). University of Hawaii Press. https://tinyurl.com/y8ydcdc2

Citação entre parêntesis: (Kahn, 1997)
Citação narrativa: Kahn (1997)
 


Capítulo num volume, de obra com vários volumes

Goldin‐Meadow, S. (2015). Gesture and cognitive development. Em L. S. Liben & U. Mueller (Eds.), Handbook of child psychology and developmental science: Vol. 2. Cognitive processes (7th ed., pp. 339-380). John Wiley & Sons. https://doi.org/10.1002/9781118963418.childpsy209

Citação entre parêntesis: (Goldin-Meadow, 2015)
Citação narrativa: Goldin-Meadow (2015)

  • Se o volume contiver editores de série (ou editores-chefes) e editores de volume, apenas os editores de volume deverão ser mencionados na referência;
  • Neste exemplo, o volume tem um título próprio. No caso de um volume sem título próprio, deve-se incluir o número do volume após a menção de edição do livro, dentro dos mesmos parêntesis e antes dos números das páginas do capítulo.
 
Entrada de dicionário, thesaurus ou enciclopédia com autor individual e autor coletivo

Graham, G. (2019). Behaviorism. Em E. N. Zalta (Ed.), The Stanford encyclopedia of philosophy. (Summer 2019 ed.). Stanford University. https://plato.stanford.edu/archives/sum2019/entries/behaviorism

Merriam-Webster. (s.d.). Self-respect. Em Merriam-Webster.com dictionary. Recuperado março 31, 2020, de https://www.merriam-webster.com/dictionary/self-respect

Citação entre parêntesis: (Graham, 2019; Merriam-Webster, s.d.)
Citação narrativa: Graham (2019) e Merriam-Webster (s.d.)

  • Quando uma obra de referência online é atualizada continuadamente, sem as diferentes versões serem guardadas, use "s.d." no ano da publicação e mencione uma data de recuperação;
  • Quando a versão da entrada de uma obra de referência é devidamente guardada (como no exemplo de Graham), não é necessário mencionar a data de recuperação.
Relatórios e literatura cinzenta

Existem diferentes tipos de relatórios: relatórios governamentais, técnicos e de investigação. Estes relatórios, assim como os artigos de revista, normalmente decorrem de investigações originais, que podem ser ou não revistos por pares.

A categoria da literatura cinzenta inclui relatórios, mas também comunicados de imprensa, códigos de ética, subvenções, resumos de políticas, de edições, etc.

É opcional – mas frequentemente útil – descrever este tipo de literatura entre parêntesis retos depois do título.

Quando o autor e a editora são os mesmos, omita a editora da referência.


 


Relatório de agência governamental ou outra organização

Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. (2019, setembro). Relatório da qualidade de serviço técnica do setor elétrico 2018. https://www.erse.pt/media/cmdfhfwi/2018-pt.pdf

National Cancer Institute. (2014). Understanding breast changes: A health guide for women (NIH Publication No. 14-3536). U.S. Department of Health and Human Services, National Institutes of Health. https://tinyurl.com/y9hvxz7b

Citação entre parêntesis: (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, 2019; National Cancer Institute, 2014)
Citação narrativa: Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (2019) e National Cancer Institute (2014)

  • Os nomes das entidades subordinantes que não constem no nome do autor coletivo, deverão aparecer como editora.
 

Relatório de autores individuais numa agência governamental ou outra organização

Vale, S., Martins, A. F., Cruz, D., & Freitas, G. (2020). Relatório do programa nacional para a diabetes: Desafios e estratégias 2019. Direção-Geral da Saúde. https://tinyurl.com/y7rrwyzd

Citação entre parêntesis: (Vale et al., 2020)
Citação narrativa: Vale et al. (2020)
 


Código de ética

American Counseling Association. (2014). 2014 ACA code of ethics. https://www.counseling.org/knowledge-center

Citação entre parêntesis: (American Counseling Assocation, 2014)
Citação narrativa: American Counseling Assocation (2014)

Sessões de conferência, apresentações e contribuições em simpósio

As sessões e apresentações de conferências incluem: apresentações de comunicações, apresentação de posters, discursos, contribuições em simpósio.

Inclua sempre uma designação em parêntesis retos após o título, que corresponda ao modo como a apresentação foi descrita na conferência. Mencione todos os autores descritos como contribuintes, mesmo que não tenham estado presentes fisicamente no evento.

A data deve corresponder à(s) data(s) da conferência na sua totalidade, de forma a ajudar os leitores a localizar a fonte, mesmo que uma determinada sessão ou apresentação tenha ocorrido apenas num dia.

Inclua o local onde a conferência se realizou.

As atas da conferência publicadas numa revista ou num livro obedecem ao mesmo formato de um artigo de revista, livro editado ou capítulo de livro editado.

Sessões de conferência e apresentações

Contribuições em simpósio


 

Sessão de conferência

Fistek, A., Jester, E., & Sonnenberg, K. (2017, julho 12–15). Everybody's got a little music in them: Using music therapy to connect, engage, and motivate [Sessão de conferência]. Autism Society National Conference, Milwaukee, WI, United States. https://asa.confex.com/asa/2017/webprogramarchives/Session9517.html

Peters, I. (2019, setembro 24-26). What is quality in open science? [Sessão de conferência]. Open Access Scholarly Publishers Association Annual Conference, Copenhagen, Denmark. https://oaspavideos.org/video/what-is-quality-in-open-science

Citação entre parêntesis: (Fistek et al., 2017; Peters, 2019)
Citação narrativa: Fistek et al. (2017) e Peters (2019)
 


Apresentação de comunicação

Maddox, S., Hurling, J., Stewart, E., & Edwards, A. (2016, março 30–abril 2). If mama ain't happy, nobody's happy: The effect of parental depression on mood dysregulation in children [Apresentação de comunicação]. Southeastern Psychological Association 62nd Annual Meeting, New Orleans, LA, United States.

Citação entre parêntesis: (Maddox et al., 2016)
Citação narrativa: Maddox et al. (2016)
 


Apresentação de poster

Pearson, J. (2018, setembro 27-30). Fat talk and its effects on state-based body image in women [Apresentação de poster]. Australian Psychological Society Congress, Sydney, NSW, Australia.

Citação entre parêntesis: (Pearson, 2018)
Citação narrativa: Pearson (2018)
 


Contribuição em simpósio

De Boer, D., & LaFavor, T. (2018, abril 26–29). The art and significance of successfully identifying resilient individuals: A person-focused approach. Em A. M. Schmidt & A. Kryvanos (Orgs.), Perspectives on resilience: Conceptualization, measurement, and enhancement [Simpósio]. Western Psychological Association 98th Annual Convention, Portland, OR, United States.

Citação entre parêntesis: (De Boer & LaFavor, 2018)
Citação narrativa: De Boer & LaFavor (2018)

Dissertações e teses publicadas e não publicadas

As referências para dissertações de mestrado e teses de doutoramento são divididas por serem tipos de trabalhos publicados e trabalhos não publicados.

Dissertações e teses publicadas

Dissertações e teses não publicadas

 

Dissertação ou tese publicada em base de dados

Nume, D. (2017). Hume and Smith on reason, political economy, and the spirit of philosophy (2160362280) [Tese de doutoramento, George Mason University]. EconLit. https://search.proquest.com/docview/2160362280?accountid=38384

Citação entre parêntesis: (Nume, 2017)
Citação narrativa: Nume (2017)
 


Dissertação ou tese publicada online

Silva, P. A. (2008). Para lá do prejuízo: Análise das narrativas de identidade e reconstrução de subjectividades em mulheres brasileiras na área metropolitana de Lisboa [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/1013

Citação entre parêntesis: (Silva, 2008)
Citação narrativa: Silva (2008)
 


Dissertação ou tese não publicada

Monteiro, J. M. M. (1997). Análise das metodologias do diagnóstico de necessidades de formação profissional, no contexto da empresa [Dissertação de mestrado não publicada]. Iscte - Instituto Universitário de Lisboa.

Citação entre parêntesis: (Monteiro, 1997)
Citação narrativa: Monteiro (1997)

Programas de computador, apps, dispositivos e equipamentos

Softwares e aplicações móveis comuns mencionados no texto não necessitam de citação como por exemplo: Microsoft Office, aplicações de redes sociais, software para elaboração de questionários, produtos Adobe, Java e programas de estatística.

Se utilizar algum deste tipo de software ou aplicação ao longo do seu trabalho de investigação, simplesmente mencione no texto o seu nome apropriado juntamente com o respetivo número da versão.

Se utilizar algum tipo de software, aplicação ou se fizer menção a algum dispositivo ou equipamento de distribuição limitada, inclua essa informação na lista de referências e faça citação no texto.

A data a colocar na referência de um software ou aplicação móvel é o ano da publicação da versão utilizada. O título do software ou aplicação deve ser mencionado em itálico na lista de referências, mas não no texto.


 


Programa de computador

Mendeley (2019). Mendeley Reference Manager (Versão 1803) [Programa de computador]. Mendeley. https://www.mendeley.com

Citação entre parêntesis: (Mendeley, 2019)
Citação narrativa: Mendeley (2019)
 


Dispositivo ou equipamento

Tactile Labs. (2015). Latero tactile display [Dispositivo]. http://tactilelabs.com/products/haptics/latero-tactile-display/

Citação entre parêntesis: (Tactile Labs, 2015)
Citação narrativa: Tactile Labs (2015)
 


Aplicação móvel

Epocrates. (2019). Epocrates medical references (Version 18.12) [App móvel]. App Store. https://apps.apple.com/us/app/epocrates/id281935788

Citação entre parêntesis: (Epocrates, 2019)
Citação narrativa: Epocrates (2019)

Documentos audiovisuais (Vídeos, Filmes, TV, YouTube, Webinars)

Os documentos audiovisuais podem conter:

  • Componentes visuais e áudio (ex: filmes, programas de TV, vídeos do YouTube);
  • Apenas componentes de áudio (ex: música, gravações de voz);
  • Apenas componentes visuais (ex: obra de arte, slides de PowerPoint, fotografias).

O modelo de referências para documentos audiovisuais obedece a um padrão baseado no fato de o trabalho poder ser independente ou fazer parte de um todo.

Documentos audiovisuais independentes

Documentos audiovisuais como parte de um todo

Mencione o tipo de documento audiovisual entre parêntesis retos depois do título: por exemplo, "[Filme]", "[Série de TV]", "[Episódio de podcast áudio]", "[Música]", "[Pintura]", etc.

No elemento da editora na referência, mencione o nome da companhia de produção para filmes, séries de TV ou podcasts; o nome da companhia discográfica para álbuns de música; o nome do museu e localização para obras de arte; ou o nome da página onde se encontra o streaming de vídeo.

O autor de um documento audiovisual é determinado pelo tipo de documento, como é demonstrado na seguinte tabela:


 


Filme ou vídeo

Jackson, P. (Diretor). (2001). The lord of the rings: The fellowship of the ring [Filme; edição especial com 4 DVD's]. WingNut Films; The Saul Zaentz Company.

Spielberg, S. (Diretor). (1993). Schindler’s list [Filme]. Universal Pictures; Amblin Entertainment.

Citação entre parêntesis: (Jackson, 2001; Spielberg, 1993)
Citação narrativa: Jackson (2001) e Spielberg (1993)

  • O diretor deve ser mencionado como o autor de um filme. No entanto, se o diretor não for conhecido, alguém com função semelhante pode ser mencionado; nesse caso, a descrição da função que desempenha é flexível;
  • Não é necessário especificar a forma como se assistiu ao filme. No entanto, o formato em que se encontra o filme ou outras informações descritivas podem ser incluídos entre parêntesis retos depois da palavra "Filme" e de um ponto e vírgula – se for necessário especificar a versão utilizada (ex: quando existir uma versão de comentários especiais).
 

Episódio de série TV

Mazin, C. (Escritor), & Renck, J. (Diretor). (2019, maio 27). The happiness of all mankind (Temporada 1, Episódio 4) [Episódio de série TV]. In C. Mazin (Criador), Chernobyl. Home Box Office (HBO).

Citação entre parêntesis: (Mazin & Renck, 2019)
Citação narrativa: Mazin & Renck (2019)

  • Mencione o(s) escritor(es) e o diretor do episódio. Mencione as funções de colaborador entre parêntesis após o nome de cada um. "Escritor" e "Diretor" são mostrados neste exemplo, mas "Diretor Executivo" ou outras descrições de função também podem ser utilizadas;
  • Mencione o número da temporada, bem como o número do episódio entre parêntesis.
 

YouTube vídeo ou outro streaming de vídeo

Mendeley. (2014, abril 3). Getting started with Mendeley [Vídeo]. YouTube. https://www.youtube.com/watch?v=Gv6_HuCYExM

Citação entre parêntesis: (Mendeley, 2014)
Citação narrativa: Mendeley (2014)
 


Webinar

Príncipe, P. (2020). Biblioteca Comum – Catálogo Coletivo das Instituições de Investigação e Ensino Superior de Portugal: fase piloto e processo de adesão [Webinar]. Biblioteca Comum. https://bibliotecacomum.pt/projeto/acoes-de-formacao-e-divulgacao/

Citação entre parêntesis: (Príncipe, 2020)
Citação narrativa: Príncipe (2020)

  • Use este modelo apenas para webinars gravados e recuperáveis;
  • Cite webinars não registados como comunicações pessoais.
Documentos sonoros (Álbuns, Músicas, Podcasts)

O modelo de referência adotado para os documentos sonoros é o mesmo que o dos documentos audiovisuais.
 


Álbum de música

Bach, J. S. (2010). The Brandenburg concertos: Concertos BWV 1043 & 1060 [Álbum gravado pela Academy of St Martin in the Fields]. Decca. (Obra original publicada 1721)

Carmo, C. (1977). Um homem na cidade [Álbum]. Trova(2).

Citação entre parêntesis: (Bach, 1721/2010; Carmo, 1977)
Citação narrativa: Bach (1721/2010), e Carmo (1977)

  • Para uma obra clássica gravada, mencione o compositor da obra como autor e coloque entre parêntesis retos depois do título a pessoa ou grupo que gravou a versão utilizada. Mencione a data de publicação da versão utilizada entre parêntesis depois do nome do compositor e, indique o ano da composição original entre parêntesis no final da referência;
  • Para todas as outras gravações, mencione o nome do artista ou grupo que gravaram a obra como autor;
  • Geralmente, não é necessário especificar a forma como ouviu um álbum (ex: streaming no Spotify, iTunes, CD, etc.). No entanto, o formato ou qualquer outra informação descritiva podem ser incluídas – entre parêntesis retos, depois da palavra "Álbum" e de um ponto e vírgula – quando for necessário especificar a versão utilizada (ex: quando a versão de um álbum inclui faixas especiais);
  • Se a única forma de audição de um álbum for através da web, mencione o URL na referência.
 

Música ou Faixa

Mariza. (2018). Quem me dera [Música]. Em Mariza. Warner Music Portugal; Parlophone. 

Citação entre parêntesis: (Mariza, 2018)
Citação narrativa: Mariza (2018)

  • Se a única forma de audição de uma música for através da web, mencione o URL na referência.
 

Podcast

ESCS FM (Anfitrião). (2019–presente). Repórter 360 [Podcast audio]. https://escsfm.ipl.pt/reporter-360

Citação entre parêntesis: (ESCS FM, 2019–presente)
Citação narrativa: ESCS FM (2019–presente)

  • Mencione o anfitrião do podcast como autor ou, em alternativa, os produtores executivos, se identificados. Em ambos os casos, mencione a sua função entre parêntesis;
  • Especifique o tipo de podcast (áudio ou vídeo) entre parêntesis retos;
  • Se o URL do podcast não for conhecido (ex: se for acedido através de uma aplicação), omita-o da referência.
 

Episódio de podcast

Oliveira, D. (Anfitrião). (2020, abril 2). Ariana Cosme: o que está a acontecer aos mais pobres sem a escola? [Episódio áudio de podcast]. Em Perguntar não ofende. https://www.perguntarnaoofende.pt/pno/ariana-cosme-coronavirus

Citação entre parêntesis: (Oliveira, 2020)
Citação narrativa: Oliveira (2020)

  • Mencione o anfitrião do podcast como autor e indique a sua função entre parêntesis;
  • Mencione o número do episódio depois do título entre parêntesis. Se o podcast não numerar os episódios, omita-o da referência;
  • Especifique o tipo de podcast (áudio ou vídeo) entre parêntesis retos;
  • Se o URL do podcast não for conhecido (ex: se for acedido através de uma aplicação), omita-o da referência.
Documentos visuais (Obras de arte, Fotografias, Slides)

O modelo de referência adotado para os documentos sonoros é o mesmo que o dos documentos audiovisuais.
 


Obra de arte num museu ou na página web de um museu

Buonarroti, M. (1499). Pietà [Escultura]. Basilica di San Pietro, Cidade do Vaticano, Vaticano.

Da Vinci, L. (1503-1519). Mona Lisa [Pintura]. The Louvre, Paris, France. Recuperado abril 6, 2020, de http://www.louvre.fr/en/oeuvre-notices/mona-lisa-portrait-lisa-gherardini-wife-francesco-del-giocondo

Citação entre parêntesis: (Buonarroti, 1499; Da Vinci, 1503-1519)
Citação narrativa: Buonarroti (1499) e Da Vinci (1503-1519)

  • Utilize este modelo para citar todo o tipo de obras de arte de museus, incluindo pinturas, esculturas, fotografias, gravuras, desenhos e instalações;
  • Mencione sempre uma descrição do tipo de obra de arte entre parêntesis retos depois do título;
  • Para obras de arte sem título, mencione uma descrição entre parêntesis retos em substituição do título.
 

Imagem ou fotografia

Francis, D. (2018, abril 28). The eighth floor [Fotografia]. Flickr. https://www.flickr.com/photos/d2francis2/43104997471/in/pool-best100only/

Citação entre parêntesis: (Francis, 2018)
Citação narrativa: Francis (2018)
 


Slides de PowerPoint

Little, N. (2018). How to read an APA citation [Slides PowerPoint]. SlideShare. https://www.slideshare.net/NancyLittle/how-to-read-apa-citation

Mack, R., & Spake, G. (2018). Citing open source images and formatting references for presentations [Slides PowerPoint]. Canvas@FNU. https://fnu.onelogin.com/login

Citação entre parêntesis: (Little, 2018; Mack & Spake, 2018)
Citação narrativa: Little (2018) e Mack & Spake (2018)

  • Se os slides forem provenientes de uma página web de alguma aula, de algum sistema de gestão de ensino (ex: Canvas, Blackboard) ou intranet e se estiver a escrever para um público com acesso a esse recurso, mencione o nome da página e o URL (utilize o URL da página de login para páginas que solicitem login).
Redes sociais

Cite apenas o conteúdo original disponível nas redes sociais como o Twitter, Facebook, Reddit, Instagram, Tumblr, LinkedIn, etc. e não o conteúdo encontrado noutro local.

Os posts nas redes sociais podem conter apenas texto, texto com material audiovisual (ex: fotografias, vídeos), ou apenas material audiovisual. Mencione o texto do post até às primeiras 20 palavras. Indique a existência de material audiovisual entre parêntesis retos depois do texto do post.

Os posts podem ainda conter ortografia não padronizada, uso de maiúsculas e minúsculas, hashtags(#), links e emojis. Não faça alterações ao texto na referência. Guarde os hashtags(#), links e emojis, se possível.

Se não conseguir replicar um emoji, mencione o nome do emoji entre parêntesis retos, por exemplo, “[emoji a chorar a rir]”. Ao contar o número de palavras para a referência, contabilize o emoji como uma palavra.


 


Tweet

Expresso [@expresso]. (2019, novembro 6). Marcelo condecora Sophia de Mello Breyner com alto grau concedido a chefes de Estado [Imagem em miniatura com link anexado] [Tweet]. Twitter. https://twitter.com/expresso/status/1192228289882054658

White, B. [@BettyMWhite]. (2018, fevereiro 14). The story of how zoos have evolved over the years to become great contributors to conservation and wildlife [Vídeo] [Tweet]. Twitter. https://twitter.com/BettyMWhite/status/963843434409689088

Citação entre parêntesis: (Expresso, 2019; White, 2018)
Citação narrativa: Expresso (2019) e White (2018)
 


Perfil do Twitter

APA Style [@APA_Style]. (s.d.). Tweets [Perfil do Twitter]. Twitter. Recuperado abril 7, 2020 de https://twitter.com/APA_Style

Citação entre parêntesis: (APA Style, s.d.)
Citação narrativa: APA Style (s.d.)

  • Mencione uma data de recuperação, pois o conteúdo da página pode mudar com o tempo;
  • Um perfil do Twitter tem vários separadores ("Tweets" é o pré-definido). Para criar uma referência para um dos outros separadores (ex: "Listas" ou "Momentos"), substitua o nome do separador na referência;
  • Inclua a descrição "Perfil do Twitter" entre parêntesis retos.
 

Post do Facebook

Gates, B. (2019, novembro 6). I’m optimistic about the future because I believe in the power of innovation and the talent of the people devoting [Imagem anexada] [Estado atualizado]. Facebook. https://tinyurl.com/yaza8vtj

Citação entre parêntesis: (Gates, 2019)
Citação narrativa: Gates (2019)

  • Este modelo de referência pode também ser utilizado para posts de outras redes sociais, como Tumblr, LinkedIn, etc;
  • Se uma atualização de estado incluir imagens, vídeos, links em miniatura para recursos externos ou conteúdos de outros posts do Facebook (como quando partilha um link), mencione-o entre parêntesis retos;
  • Replique emojis, se possível.
 

Página do Facebook

Biblioteca Iscte. (s.d.). Home [Página do Facebook]. Facebook. Recuperado abril 7, 2020 de https://www.facebook.com/Biblioteca.Iscte.IUL/

Citação entre parêntesis: (Biblioteca Iscte, s.d.)
Citação narrativa: Biblioteca Iscte (s.d.)

  • Mencione o título da página na referência (ex:, "Publicações", "Página inicial", "Fotos", "Sobre");
  • Mencione a descrição "Página do Facebook" entre parêntesis retos;
  • Este modelo de referência pode ser utilizado ou adaptado para referências de outras plataformas ou páginas de perfil, como YouTube, Tumblr, LinkedIn, etc.
 

Instagram: fotografia ou vídeo

Público [@publico.pt]. (2020, abril 8). Nasceram as primeiras crias de lince ibérico de 2020 [Video]. Instagram. https://www.instagram.com/tv/B-uE5LxFMZW/

Citação entre parêntesis: (Público, 2020)
Citação narrativa: Público (2020)

Páginas web

Utilize esta categoria se não existir outra mais adequada e o trabalho não fizer parte de uma publicação principal ou mais abrangente, como um jornal, blogue, atas de conferência. Se citar várias páginas web de um site, crie uma referência para cada uma delas.

Para mencionar um site em geral, não é necessário criar uma referência ou uma citação no texto. Mencione apenas o nome do site no texto e indique o URL entre parêntesis.

Mencione a data o mais exaustiva possível (ex: ano, mês e dia; ano e mês; apenas o ano).

Quando o nome do autor e da página forem os mesmos, omita o nome da página da referência.

Mencione uma data de recuperação apenas quando o conteúdo é suscetível de mudar ao longo do tempo e a página não é devidamente guardada.


 


Página web num site de notícias

Demony, C. (2020, abril 14). The refugees helping Portugal's health workers fight coronavirus. Reuters. https://tinyurl.com/y79xz8lu

Citação entre parêntesis: (Demony, 2020)
Citação narrativa: Demony (2020)

  • Utilize este modelo para artigos publicados em fontes de notícias online (ex: BBC News, Bloomberg, CNN, HuffPost, MSNBC, Reuters);
  • Para citar artigos de jornais e revistas online veja os exemplos no separador das referências para artigos e jornais.
 

Página web num site com autor coletivo

World Health Organization. (2020, abril). Coronavirus disease (COVID-19) pandemichttps://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

Citação entre parêntesis: (World Health Organization, 2020)
Citação narrativa: World Health Organization (2020)

 

Página web num site com autor individual

Lillie, C. M. M. (2016, dezembro 30). Be kind to yourself: How self-compassion can improve your resiliency. Mayo Clinic. https://tinyurl.com/yb6xu5er

Citação entre parêntesis: (Lillie, 2016)
Citação narrativa: Lillie (2016)

Legislação portuguesa

Uma vez que o estilo APA apenas faz menção à elaboração de citações e referências para documentos legislativos dos EUA, apresentamos aqui uma sugestão de aplicação a documentos legislativos portugueses.


 


Decretos e Portarias

Decreto Lei nº 240/2001 do Ministério da Educação. (2001). Diário da República: I Série-A, nº201 (2001-08-30), 5572-5575. https://dre.pt/application/conteudo/631837

Despacho n.º 17169/2011 do Ministério da Educação e Ciência. (2011). Diário da República: 2ª Série, nº 245 (2011-12-23), 5572-5575. https://dre.pt/application/file/1010956

Portaria nº 809/90 dos Ministérios da Agricultura, Pescas e Alimentação, da Saúde e do Ambiente e Recursos Naturais. (1990). Diário da República: I Série, nº 209/90 (1990-09-10), 3670-3671. https://dre.pt/application/conteudo/556420

Citação entre parêntesis: (Decreto Lei nº 240/2001 do Ministério da Educação, 2001; Despacho n.º 17169/2011 do Ministério da Educação e Ciência, 2011; Portaria nº 809/90 dos Ministérios da Agricultura, Pescas e Alimentação, da Saúde e do Ambiente e Recursos Naturais, 1990)

Citação narrativa: Decreto Lei nº 240/2001 do Ministério da Educação (2001), Despacho n.º 17169/2011 do Ministério da Educação e Ciência (2011) e Portaria nº 809/90 dos Ministérios da Agricultura, Pescas e Alimentação, da Saúde e do Ambiente e Recursos Naturais (1990)

Evite plagiar

O plágio é o ato de apresentar as palavras, ideias ou imagens de outra pessoa como suas, o que retira aos autores ou criadores do conteúdo o crédito que lhes é devido. Seja deliberado ou não intencional, o plágio viola os padrões éticos no meio académico.

Ao efetuarmos um trabalho de caráter científico ou académico é importante identificar com clareza e exatidão as fontes consultadas, respeitando sempre a propriedade intelectual de outros autores e com isso reconhecer o seu papel na construção do nosso próprio conhecimento. É um princípio de honestidade intelectual e de justiça por que todos se devem reger.

Desse modo evitamos também incorrer no plágio e em violar os direitos de autor, punidas pelo Código do Direito de Autor e Direitos Conexos.

Ao citar ou parafrasear outras fontes ou outros autores estamos também a atribuir ao nosso trabalho uma maior relevância e credibilidade, uma vez que nos mostramos interessados em consultar e investigar outros autores que nalguns casos podem ser considerados uma autoridade na matéria em estudo.

Com as citações efetuadas corretamente estamos também a facilitar a sua localização e acesso a outros leitores que pretendam consultar as mesmas fontes.

Atualmente, e de forma a evitar o plágio são usados softwares de deteção de plágio que permitem verificar se documentos foram copiados na sua totalidade, apenas parcialmente ou se apenas algumas palavras foram alteradas, mas o conteúdo é praticamente o mesmo.

Ficam aqui alguns exemplos desses softwares:

Copy Track

Farejador de págios

Grammarly

ithenticate

JPlag

Turnitin

Unichek

Saiba mais
Para mais informações sobre como evitar o plágio poderá consultar o guia temático disponível na Biblioteca Iscte em papel e online.
Orientações gerais

As designações que antecedem alguns dos elementos da referência bibliográfica, assim como as descrições de determinados tipos de documentos ou ainda as funções de determinados responsáveis de obras, deverão ser traduzidas para a língua em que se está a escrever o documento.

Atualmente existem também softwares de gestão de referências (ex: Mendeley)  que permitem aos utilizadores inserir as citações no texto e criar automaticamente a lista final de referências.

No Iscte
O Iscte não adota oficialmente qualquer estilo ou norma de referenciação bibliográfica em particular. Caso esteja a elaborar um trabalho académico (e.g. trabalho de disciplina, dissertação de mestrado, trabalho de projeto, relatório de estágio, tese de doutoramento), deve consultar o docente ou orientador sobre este assunto. Se se tratar de um artigo para uma revista científica, é conveniente conhecer a forma de referenciação da publicação. 

A Biblioteca do Iscte apresenta uma oferta formativa regular e variada na qual se incluem ações de formação sobre as principais normas e as suas formas de aplicação.
Saber mais

American Psychological Association. (2020). APA style blog. https://apastyle.apa.org/blog

American Psychological Association. (2019). Publication manual of the American Psychological Association (7th ed.).

American Psychological Association. (2019, outubro). APA style. https://apastyle.apa.org/

Purdue University. (2020). APA style (7th edition). https://owl.purdue.edu/owl/research_and_citation/apa_style/apa_formatting_and_style_guide/general_format.html

Última atualização deste guia
agosto, 2020
Licenciamento
2020 Serviços de Informação e Documentação
Iscte-Instituto Universitário de Lisboa
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.